Detectamos que você está usando um navegador desatualizado. Isso impedirá que você acesse certos recursos. Atualizar navegador

banner

Seguindo em frente.

O Director de Saúde, Segurança, Meio Ambiente e Proteção do Grupo LR, James Pomeroy, discute nesta série em três partes, o quão bem preparados estão os negócios para lidar com grandes crises e que lições aprendemos até agora.

A pandemia da COVID-19 tem levado muitas empresas a examinar suas cadeias de suprimentos, trazendo novos fornecedores de emergência para garantir uma entrega ininterrupta de produtos manufaturados. Para outras, como supermercados, organizações de saúde e outros fornecedores de serviços essenciais, isso significou um rápido esforço de recrutamento para garantir capacidade.

Para a maioria das pessoas, o foco é a tecnologia - que partes de uma empresa podem mudar para entrega remota e como podemos garantir que nossa força de trabalho permaneça em contato? De fato, o suporte remoto e a tecnologia têm sido os salvadores desta crise para milhares de organizações de todas as formas e tamanhos. Conduzir a entrega digital tem sido fundamental para muitas empresas - e o LR não é diferente. Nossa capacidade de permanecer conectado através de plataformas online tem sido crucial e nos permitiu permanecer em contato não apenas com nossos colegas locais e internacionais, bem como com as nossas partes interessadas em Organismos de Acreditação - incluindo aqueles que estão mudando suas políticas de avaliação remota diariamente - e com nossos clientes em todo o mundo.

continuar a fornecer serviços essenciais para os negócios com os quais trabalhamos. Auditorias remotas, inspeções, pesquisas e treinamentos on-line realizados através de plataformas e aplicativos seguros e protegidos significam que, sempre que possível, podemos prestar os mesmos serviços on-line que prestamos antes no local e pessoalmente; de forma fácil e segura - e com os mesmos resultados que vimos anteriormente.

Quando estamos em tempos de crise, muitas vezes há oportunidade, se ao menos pudermos ter a mentalidade coletiva para encontrar o lado bom. Com o quadro certo no lugar e com mais descentralização, é incrível como as pessoas podem fazer as coisas acontecerem rápida e efetivamente, especialmente quando há um real senso de urgência impulsionando as decisões. Não precisamos de hierarquia, precisamos de agilidade.

Cisnes negros

Alguns podem dizer que a COVID-19 é um excelente exemplo de um "evento do cisne negro" - "um evento imprevisível que está além do que normalmente se espera de uma situação com consequências potencialmente graves". Os eventos do cisne negro são caracterizados por sua extrema raridade, seu impacto severo e a insistência generalizada de que eles eram óbvios em retrospectiva". Quer queiramos admitir ou não, os eventos do cisne negro acontecem e é vital que não baixemos a guarda porque 'temos um plano em andamento'.

Estamos vivendo em um mundo de eventos de cisnes negros - não podemos descartar os raros ou imprevisíveis e devemos aceitar que eventos aleatórios acontecem e que eles estão acontecendo com mais frequência do que nunca. É durante esses eventos que nossa capacidade de adaptação e de mostrar imensa resiliência é bem e verdadeiramente posta à prova. O que a COVID-19 e outras crises dos últimos tempos nos mostraram é que precisamos ser dinâmicos, ágeis em nossa resposta e encorajar o pensamento inovador e crítico que nos permite abraçar novas formas de trabalho rapidamente e sem demora. Sem isso, nossa maneira de trabalhar, viver e permanecer conectados está muito em jogo.

 

INSIGHTS

O que pensamos

Os especialistas do LR compartilham regularmente suas pesquisas e insights.

Entre em contato

Apertar enter ou seta para pesquisar Apertar enter para pesquisar

Ícone de pesquisa

O que você está procurando?