Detectamos que você está usando um navegador desatualizado. Isso impedirá que você acesse certos recursos. Atualizar navegador

BRCGS Packaging Standard Issue 6 definido para publicar este verão.

BRCGS para Embalagem e Materiais de Embalagem está sendo revisado com publicação prevista para agosto de 2019. Nosso especialista resume as principais mudanças que você precisa saber.

A sexta edição da norma de Materiais de Embalagem e Embalagens BRCGS (BRCGS Packaging and Packaging Materials) foi desenvolvida para e por profissionais da área de embalagens. Com um escopo que abrange fabricação de embalagens, impressão e produção de matérias-primas para o setor de embalagens, a norma tem como foco a segurança do produto com ênfase na qualidade funcional e do produto. É a norma global mais amplamente utilizada no setor de embalagens, com quase 4.500 sites certificados.

As auditorias desta versão começarão em fevereiro de 2020, então agora é o momento de preparar a sua empresa. Mark Fincham, gerente técnico do Lloyd's Register, destaca o que podemos esperar:

  1. Aprimoramento da cultura de segurança de alimentos

    Antecipamos que o novo padrão mencionará que as empresas devem ter um plano estratégico para o desenvolvimento e a melhoria contínua de sua cultura de segurança. Isso deve incluir atividades definidas que envolvam todos os setores da empresa, bem como um plano de ação indicando como as atividades serão implementadas, quando e com uma revisão da avaliação. Isso proporcionará alinhamento com os requisitos da GFSI e da norma de Alimentos. Vimos muitas não conformidades com a norma de alimentos nesta área desde que ela foi lançada. Se for necessário suporte para preparação, nossa equipe poderá ajudar.

  2. Gestão da qualidade e segurança do produto

    Esperamos alterações na seção de higiene, na qual haverá a remoção da abordagem de duas camadas para a norma. Isso significa que a higiene básica e a avançada serão consolidadas em uma única norma, o que simplificará o modo como ela é apresentada. Isso também terá ênfase na avaliação de risco, para garantir que as cláusulas sejam aplicadas adequadamente nos antigos locais que seguiam a higiene básica. As revisões podem incluir ações preventivas e corretivas relacionadas à gestão e à análise da causa-raiz. Além disso, mais detalhes poderão ser fornecidos no armazenamento e backup de documentos eletrônicos, bem como o que é exigido em uma declaração de conformidade do produto.

    Haverá uma organização da seção de Avaliação de Risco e Perigo a fim de mover a avaliação de risco de qualidade para uma seção diferente de modo a obter ênfase e objetividade.

    A aprovação do fornecedor será exigida por auditoria comparativa ou auditoria do local feita por uma primeira ou segunda parte, embora fornecedores de baixo risco ainda possam ser aprovados por um questionário desde que seus sistemas de rastreabilidade sejam testados inicialmente e a cada três anos.

  3. Monitoramento ambiental

    Haverá cláusulas para atender aos requisitos da GFSI.

    O esboço do norma indica que haverá uma nova seção na gestão de matéria-prima que é um novo controle ambiental que envolve uma avaliação de risco de danos por perda e derramamento de materiais, além de colocar controles em prática.

    Também haverá um módulo voluntário adicional para abordar impactos ambientais de derramamento de microplásticos alinhado à Varredura de Limpeza Operacional (VLO. Operation Clean Sweep - OCS).

  4. Controle de produtos e processos

    Provavelmente o setor de desenvolvimento de produtos terá uma nova cláusula sobre controles e procedimentos documentados sobre a transferência dos requisitos do cliente aos próprios sistemas das empresas. Também haverá novas cláusulas relacionadas à configuração do equipamento para segurança, que só poderá ser alterado por uma equipe autorizada e treinada, além de descarte de amostras, validação de métodos de teste e controles de liberação positiva.

  5. Treinamento e competência

    Será inclusa aqui uma nova cláusula exigindo que a empresa demonstre como as alterações no procedimento, nas práticas e nos métodos de trabalho são comunicadas.

Assim como com todos os padrões que oferecemos, disponibilizamos treinamento dedicado sobre a norma de Embalagens BRCGS para garantir que sua empresa esteja pronta para as alterações antes do início.

Adicionalmente, nossos especialistas estarão disponíveis para oferecer serviços complementares, como avaliações personalizadas de Gap Analysis, módulo de Excelência de Cultura do BRCGS e todas as principais avaliações e auditorias alinhadas à GFSI.

Para mais informações, acesse a nossa página do BRCGS.

Apertar enter ou seta para pesquisar Apertar enter para pesquisar

Ícone de pesquisa

O que você está procurando?